Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Plantão

Plantão

Confiança do empresário atinge 56 pontos e está acima da média histórica

Confiança do empresário atinge 56 pontos
e está acima da média histórica, informa CNI
Industriais mantêm o otimismo em relação às condições atuais e futuras das
empresa e da economia. Confiança é maior nas grandes empresas
O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) alcançou 56 pontos em outubro. Com a leve alta de 0,3 ponto frente a setembro, o indicador está 3,7 pontos acima do registrado em outubro de 2016, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta segunda-feira, 23 de outubro. "O índice permanece acima da sua média histórica, de 54 pontos, pelo segundo mês consecutivo", observa a CNI. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos indicam empresários confiantes.
A expectativa, explica o economista da CNI, Marcelo Azevedo, é que a confiança continue aumentando nos próximos meses. "Isso é imprescindível para estimular os investimentos", afirma Azevedo. A confiança é maior nas grandes indústrias. Nesse segmento, o ICEI ficou acima da média nacional e alcançou 58,6 pontos. Nas média, o indicador foi de 54,3 pontos e, nas pequenas, de 52,3 pontos.
O ICEI é formado pelas avaliações dos empresários em relação às condições atuais e futuras das empresas e da economia. Em outubro, o índice sobre as condições atuais ficou estável e o de expectativas para os próximos seis meses aumentou 0,4 pontos e ficou em 58,8 pontos.
O ICEI antecipa tendências de investimento na indústria. Empresários otimistas em relação ao desempenho presente e futuro das empresas e da economia tendem a investir mais. Isso é decisivo para a reativação da atividade, a criação de empregos e a volta do crescimento econômico.
Essa edição da pesquisa foi feita entre 2 e 17 de outubro com 3.097 indústrias. Dessas, 1.208 são pequenas, 1.175 são médias e 714 são de grande porte.

Industriais mantêm o otimismo em relação às condições atuais e futuras das empresa e da economia. Confiança é maior nas grandes empresas.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) alcançou 56 pontos em outubro. Com a leve alta de 0,3 ponto frente a setembro, o indicador está 3,7 pontos acima do registrado em outubro de 2016, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta segunda-feira, 23 de outubro. "O índice permanece acima da sua média histórica, de 54 pontos, pelo segundo mês consecutivo", observa a CNI. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos indicam empresários confiantes.

A expectativa, explica o economista da CNI, Marcelo Azevedo, é que a confiança continue aumentando nos próximos meses. "Isso é imprescindível para estimular os investimentos", afirma Azevedo. A confiança é maior nas grandes indústrias. Nesse segmento, o ICEI ficou acima da média nacional e alcançou 58,6 pontos. Nas média, o indicador foi de 54,3 pontos e, nas pequenas, de 52,3 pontos.

O ICEI é formado pelas avaliações dos empresários em relação às condições atuais e futuras das empresas e da economia. Em outubro, o índice sobre as condições atuais ficou estável e o de expectativas para os próximos seis meses aumentou 0,4 pontos e ficou em 58,8 pontos.

O ICEI antecipa tendências de investimento na indústria. Empresários otimistas em relação ao desempenho presente e futuro das empresas e da economia tendem a investir mais. Isso é decisivo para a reativação da atividade, a criação de empregos e a volta do crescimento econômico.

Essa edição da pesquisa foi feita entre 2 e 17 de outubro com 3.097 indústrias. Dessas, 1.208 são pequenas, 1.175 são médias e 714 são de grande porte.

 

Senac Canoas promove exposição de Moda

O Senac Canoas expõe, até o final do mês de outubro, as roupas confeccionadas pelos formandos do curso Técnico em Modelagem do Vestuário. A exposição conta com peças elaboradas por 12 alunos e tem como objetivo compartilhar o trabalho de conclusão de curso dos estudantes.

O evento é é gratuito e aberto ao público, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3476-7222

 

GAMP não paga médicos de Canoas há três meses

O SIMERS recebeu nesta segunda-feira, 16 de outubro,  denúncias de que as remunerações de médicos que prestam atendimento nas Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs) de Canoas, que estão sob gestão do Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP), permanecem em atraso há mais de três meses. Apenas na UPA Caçapava, são cerca de 50 plantonistas, sendo 30 pediatras, que receberam apenas 30% dos honorários médicos relativos ao mês de julho.

Na última quarta-feira, 11 de outubro, representantes do GAMP se reuniram com a vice-presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, informando que os valores seriam quitados até sexta-feira, 13. A promessa não se confirmou e há risco de desassistência da população, pois os médicos são prestadores de serviço e pode haver a ruptura dos vínculos contratuais com o atual gestor.

 

Aprovada alteração na lei que trata da Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Transportes

Canoas - Os vereadores aprovaram o projeto de lei 20/2017, de autoria do Executivo, que acrescenta o art. 2º-A na Lei nº 6.078, de 19 de dezembro de 2016, que cria a Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Transportes (JARIT). Com a medida, aos procedimentos administrativos de competência da JARIT serão aplicados os prazos de prescrição previstos na Lei Federal nº 9.873, de 23 de novembro de 1999.

Segundo a administração municipal, considerando o passivo de processos pendentes de julgamento, desde o ano de 2012, bem como o lapso de tempo decorrido e a consequente dificuldade de instruir o processo adequadamente, com provas e documentos, a aplicação da legislação federal existente sobre a matéria se apresenta como uma solução. Na justificativa, o Executivo explica que a proposta se justifica diante da inexistência de legislação aplicável aos procedimentos administrativos, no âmbito do município, que estabeleça prazo para a ação estatal para a imposição de penalidades aos administrados.

“A prescrição tem como um de seus pressupostos fundamentais o princípio da segurança das relações jurídicas, de forma que ninguém poderá ficar por tempo indeterminado sujeito a aplicação de alguma penalidade, neste caso, a ser imposta pela Administração Pública. Contudo, inexiste, no plano municipal, lei específica que disponha sobre prescrição nos processos administrativos sujeitos a julgamento pela Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Transportes (JARIT) e pela Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI)”, destaca o texto.

 

Exportações gaúchas caem em agosto

As exportações do Rio Grande do Sul caíram em agosto, na comparação com o mesmo mês do ano passado. A análise desagregada mostra que a indústria de transformação interrompeu uma sequência de nove altas consecutivas nessa base de comparação, ao recuar 2,6% (total de US$ 1,13 bilhão). Já as vendas externas totais somaram US$ 1,74 bilhão, o que representa queda de 0,6% em relação ao mesmo período. ”Já estávamos observando com preocupação a perda de dinâmica do setor exportador da indústria gaúcha ao longo dos últimos meses. A manutenção desse cenário certamente atrasará a retomada econômica do nosso Estado, uma vez que as condições do mercado interno ainda seguem difíceis”, afirma o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry. Por sua vez, o grupo dos produtos básicos, cujos embarques no exterior alcançaram US$ 603 milhões, cresceu 3,6% no período.
Apenas nove das 23 categorias do setor industrial que registraram alguma operação de exportação no mês passado cresceram, sete caíram e outras sete permaneceram estáveis. Os destaques positivos ficaram com Veículos automotores, reboques e carrocerias (+33,7%) e Químicos (+23,2%). Por outro lado, as perdas mais significativas vieram dos Alimentos (-17%) e de Tabaco (-19,4%). Em todos os casos, seja para as maiores altas ou baixas, as quantidades foram determinantes para explicar a variação dos valores.
A Argentina foi o principal destaque do mês de agosto, ao elevar sua demanda externa por produtos gaúchos do segmento em 37,3%, especialmente veículos automotores. O avanço, apesar de intenso, foi menor do que a média registrada ao longo de 2017: 44,8%. O país vizinho segue como o segundo principal destino das exportações do RS, atrás apenas da China, que aumentou suas compras em 15,5%, atingindo
US$ 627,5 milhões.

Ainda sobre agosto, as importações totais foram de US$ 881 milhões, alta de 5,5%. Na separação por categoria de uso, Combustíveis e Lubrificantes (+159,4%), Bens de capital (+24,5%) e Bens de consumo (+1,6%) cresceram. Já os Bens intermediários sofreram queda de 5,8%.

ACUMULADO – O resultado do acumulado, porém, revela um desempenho diferente ao de agosto para as exportações do RS. Nos oito primeiros meses de 2017, as vendas externas alcançaramUS$ 11,6 bilhões, 4% superior ao mesmo período de 2016. Desse total, a indústria foi responsável por US$ 8 bilhões, incremento de 4,6%. Os melhores resultados vieram de Veículos automotores, reboques e carrocerias (+55,0%), Químicos (+18,6%) e Produtos de metal (+28,3%). Já Tabaco (-14,1%), Celulose e Papel (-16,6%) e Alimentos (-2,0%) registraram as maiores perdas

 

Semana de Prevenção ao Suicídio e Doações de Órgãos

Semana de Prevenção ao Suicídio e Doações de Órgãos
No mês de setembro o Hospital Nossa Senhora das Graças realiza ações para conscientização de profissionais da saúde e da população em geral sobre tentativa de suicídio
e doação de órgãos. Para isso utiliza as cores amarelo para alertar sobre a importância no cuidado as pessoas em sofrimento mental e o verde representando a esperança que a doação
de órgãos poderá proporcionar a quem aguarda nas filas de espera.
O Hospital é referência no município de Canoas, em receber pacientes adultos em surto ou por tentativa de suicídio, na emergência. Os profissionais do Serviço Social, da Psicologia e
médicos da Saúde Mental buscam através dos atendimentos orientar, pacientes e suas famílias, sobre a importância da continuidade do cuidado após estabilização do quadro.
Nosso município conta com quatro CAPS que atendem a população adulta e um que atende crianças e adolescentes. Estes serviços são compostos por uma equipe multiprofissional que
acompanha pelo período necessário os pacientes com transtornos mentais graves que chegam através dos Hospitais, Unidades Básicas de Saúde ou por procura espontânea.
Frente a essas demandas se faz necessário realizar momentos de educação permanente para conscientização sobre a prevenção da Saúde Mental. A sensibilização, a troca de conhecimentos e
experiências sobre os temas é de extrema importância para a qualificação da atenção à saúde e para a construção de uma sociedade mais sadia e humana. Por isso será realizado no Auditório do
Hospital Nossa Senhora das Graças palestras e rodas de conversa nos dias 25 a 28 de setembro de 2017.
É IMPORTANTE FALAR!
É IMPORTANTE DOAR!

No mês de setembro o Hospital Nossa Senhora das Graças realiza ações para conscientização de profissionais da saúde e da população em geral sobre tentativa de suicídio e doação de órgãos. Para isso utiliza as cores amarelo para alertar sobre a importância no cuidado as pessoas em sofrimento mental e o verde representando a esperança que a doação de órgãos poderá proporcionar a quem aguarda nas filas de espera.

O Hospital é referência no município de Canoas, em receber pacientes adultos em surto ou por tentativa de suicídio, na emergência. Os profissionais do Serviço Social, da Psicologia e médicos da Saúde Mental buscam através dos atendimentos orientar, pacientes e suas famílias, sobre a importância da continuidade do cuidado após estabilização do quadro.

Nosso município conta com quatro CAPS que atendem a população adulta e um que atende crianças e adolescentes. Estes serviços são compostos por uma equipe multiprofissional que acompanha pelo período necessário os pacientes com transtornos mentais graves que chegam através dos Hospitais, Unidades Básicas de Saúde ou por procura espontânea.

Frente a essas demandas se faz necessário realizar momentos de educação permanente para conscientização sobre a prevenção da Saúde Mental. A sensibilização, a troca de conhecimentos e experiências sobre os temas é de extrema importância para a qualificação da atenção à saúde e para a construção de uma sociedade mais sadia e humana. Por isso será realizado no Auditório do Hospital Nossa Senhora das Graças palestras e rodas de conversa nos dias 25 a 28 de setembro de 2017.

É IMPORTANTE FALAR!

É IMPORTANTE DOAR!

 
Página 4 de 281

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital