Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Esportes

Especiais

Caminhada no dia 21 marca comemoração do Dia da Paz

A Diretoria das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais, em parceira com Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Canoas (Comdica) e a ONG Parceiros Voluntários, realiza no próximo dia 21 setembro a Caminhada da Paz. O trajeto da caminhada tem saída da Praça da Emancipação, em frente à Prefeitura, percorrendo as ruas Ipiranga, 15 de Janeiro e Caramuru, terminando em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos. O evento, que terá a escolta da Guarda Municipal, está marcado para às 13h30 e deve duras duas horas.

A iniciativa faz parte do projeto Arte Legal, uma ação de intervenção social que tem como objetivo informar, sensibilizar e mobilizar cidadãos canoenses para a implementação da Lei 13.185/15, conhecida como Lei de Combate ao Bullying. Realizado pela Parceiros Voluntários com o apoio do Comdica, a ação trabalha junto aos alunos de nove escolas inscritas no Projeto Tribos nas Trilhas da Cidadania – Trilha da Educação para a Paz, das redes municipal, estadual e particular do município.

No encontro, também será comemorando o Dia da Juventude do Brasil, celebrado anualmente em 22 de setembro, e o Dia Internacional da Paz , 21 de Setembro. A coordenadora Executiva da Parceiros Voluntários, Jeane Kich, destaca a simbologia das datas para a realização do evento. “No Dia Internacional da Paz, os projetos Arte Legal: Cidadania sem Bullying e Tribos nas Trilhas da Cidadania promovem uma caminhada como marco do movimento juvenil em Canoas. Escolas, organizações da sociedade civil, instâncias governamentais e voluntários unidos pela redução da violência e degradação socioambiental”, lembra a coordenadora.

Combate ao bullying

Desde os primeiros meses desse ano, o projeto Arte Legal vem abordando a temática do bullying com os jovens. O objetivo é criar jovens com a consciência social, para disseminar as ações que combatem o bullying na sociedade, principalmente nas escolas. O diretor das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais, Saulo Gil, exalta a iniciativa como uma necessidade para as grandes cidades. “O combate ao bullying numa cidade com grande diversidade sexual, étnica, religiosa e cultural, se faz muito necessário. A Caminhada da Paz marca o combate ao bullying e a todo tipo de violência em nossa cidade”, destaca Gil.

Participam do projeto Arte Legal as instituições de ensino: Protásio Diogo de Jesus, José Gomes de Vasconcelos Jardim, Jussara Maria Polidoro, Ulbra São João, Santa Marina Educacional, Pernambuco, Paulo VI, Rio Grande do Sul e Duque de Caxias.

 

pagina 3

 

Ação conjunta prende dois em Canoas

Duas pessoas foram presas nesta quinta-feira, 17 de agosto, e 1,2 tonelada de alimentos foi recolhida de dois mercados, no bairros Harmonia e Fátima, em Canoas. A ação conjunta realizada no bairro Harmonia foi resultado de diferentes  denúncias anônimas recebidas pela  Decon  (Delegacia do Consumidor ) da Polícia Civil. A Vigilância em Saúde de Canoas, em conjunto com o Procon municipal e outros órgãos estaduais, estiveram nos locais e constataram as irregularidades.

O proprietário e a gerente do estabelecimento do bairro Harmonia foram presos, encaminhados ao sistema prisional, e responderão a processo no qual podem ser condenados até cinco anos de prisão. O crime é inafiançável. Aproximadamente 1,2 tonelada de alimentos foi recolhida em razão de problemas no armazenamento e inutilizados.

A diretora da Vigilância em Saúde de Canoas, Vanessa Dorneles, explicou que o local não possui alvará sanitário para o funcionamento. "Encontramos o local onde ficam armazenadas as frutas e verduras em condições precárias. Produtos mofados, com teia de aranha no teto e inclusive insetos. A câmara fria também foi interditada", disse.
Entre os itens recolhidos pela Vigilância estão 125 quilos de frango, 341 quilos de carne bovina, 10 quilos de carne de porco, 50 quilos de pescado, 150 quilos de aipim, além de mel, geleias, embutidos  e outros produtos.
No estabelecimento do bairro Fátima foram recolhidos Mel, que não tinha procedência, e guisado que já estava embalado - pela lei este tipo de produto deve ser moído na hora. Ambos foram inutilizados.

 

Cães e gatos podem consumir vegetais e frutas?

Antes de oferecer alimentos frescos para os pets, verifique se são ou não nocivos para a saúde deles. Alguns vegetais são benéficos, outros podem ser tóxicos, causando vômito, diarreia e até gastrite.

Geralmente assimilamos uma dieta natural a algo saudável. O fato é que, nem sempre o que é benéfico para os seres humanos, tem o mesmo resultado no organismo dos animais de estimação. “Sempre verifique se o alimento que você pretende fornecer ao animal é seguro para alimentação do seu pet e, em caso de dúvida, é melhor não deixá-lo comer”, explica Dr. Jorge Morais, veterinário e diretor da rede de franquias Animal Place.

Entre os vegetais recomendados pelo Dr. Morais estão a cenoura, que auxilia na saúde oral; a alface e a couve, que são alimentos ricos em fibras e melhoram o trato intestinal; a beterraba e a abóbora. O profissional também afirma que frutas como a banana, o caju - sem a castanha-, o caqui, moderadamente pois é rico em carboidrato, a maçã, a pêra, a manga -sem a casca e o caroço-, o kiwi, a goiaba e o morango são excelentes para balancear a alimentação dos pets.

Já na lista de vegetais que devem sair do cardápio dos animais de estimação, estão a pimenta, que favorece o surgimento de gastrite; a cebola, que ataca os glóbulos vermelhos do pet, gerando anemia profunda; e a batata crua, que contém substâncias tóxicas para o animal. Já entre as frutas que eles não devem consumir estão o tomate, que pode causar arritmias cardíacas, salivação, diarreia e vômito; a laranja e as frutas cítricas no geral, o abacate, a carambola, o abacaxi e a uva, que pode levar a lesões renais.

O profissional também frisa que os cães e gatos são carnívoros por essência, mas que, tomando o devido cuidado, os vegetais e as frutas podem servir como petiscos ou como estratégias para a distração dos seus apetites vorazes. “Não substitua a ração ou comida caseira por vegetais e frutas, eles devem ser apenas complemento à alimentação principal do animal”, explica Morais. “Os vegetais misturados na ração podem até mesmo ser uma boa alternativa para fazer os cães, que não são muito fãs do alimento principal, comerem, mas é sempre bom lembrar de consultar um veterinário para escolher a melhor e mais adequada dieta para o pet”, finaliza Dr. Jorge Morais.

 

Moda: Senac Canoas oferece curso de Moulage

O faturamento do mercado da moda no Brasil quadruplicou na última década, segundo pesquisa da Euromonitor. Em um segmento que apresenta uma crescente com essa expressividade, não há espaço para improvisos, ou seja, o mercado precisa de profissionais que estão sempre em busca de qualificação. E que tal aprender uma técnica de modelagem tridimensional? Para isso, o Senac Canoas oferece o curso de Moulage. As aulas iniciam no dia 25 de julho e acontecem de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h30.

O curso, com carga horária de 40 horas, apresenta conhecimentos para a construção e interpretação de moldes de peças básicas do vestuário feminino, aplicando a técnica de modelagem feita diretamente sobre um manequim ou busto. Os participantes devem ter idade mínima de 16 anos, ensino fundamental completo e conhecimentos prévios de corte e costura.

Matrículas para a capacitação devem ser feitas no Senac Canoas, localizado na Rua Mathias Velho, 255. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3476-7222 ou através do site www.senacrs.com.br/canoas. Comerciários têm desconto de 20% mediante a apresentação, no ato da matrícula, do cartão Sesc/Senac, nas categorias empresário e comerciário.

 

O inverno está chegando? Especialista dá dicas de como manter seu pet protegido do frio

O inverno está chegando e as temperaturas baixas atingem não somente as pessoas, mas também os animais de estimação. A veterinária e especialista da Hercosul Alimentos, Dra. Laís Alarça, dá algumas dicas de como manter os pets aquecidos e garantir a saúde dos nossos melhores amigos.

“Patas, narizes e orelhas merecem atenção e não devem estar gelados, pois dizem muito sobre a saúde dos animais. Os pets que dormem fora de casa também merecem atenção e não basta apenas uma casinha no pátio, é necessário cuidar para que eles tenham cobertores e roupas secas para ajudar a aquecer nos dias mais frios”, disse.

Além disso, os animais idosos são os que mais sofrem com as baixas temperaturas. O porte e a quantidade de gordura corporal também interferem nesse processo. “A pelagem dos animais ajudam a proteger dos ventos gelados, ou seja, tosas durante o inverno não são indicadas”, acrescenta.

Dra. Laís também alerta para o perigo que os gatos correm no inverno, pois se escondem em qualquer local para procurar abrigo e fugir do frio, inclusive os motores dos carros. “Os acidentes desse tipo são sérios e quase sempre são fatais. É aconselhável sempre dar algumas batidas no capô e laterais do carro para que eles saiam antes da pessoa ligar o automóvel”, aconselha.

Outro cuidado importante é com aquecedores, pois o calor pode levar os animais para perto do aparelho e as queimaduras são constantes. “Evitar colocar esses equipamentos no chão e nunca deixar os pets sozinhos com aquecedores ligados garantem a segurança”, completa.

Sobre os passeios com os pets, a especialista revela que podem acontecer normalmente, porém, com roupas que os mantenham protegidos. Outra dica seria diminuir o tempo das caminhadas, mas não é necessário deixar de fazê-las.“”, conta.

Outro equipamento a ser controlado é o ar condicionado, pois pode ressecar as vias respiratórias dos animais. “Não é necessário parar de usar, mas evitar passar a noite toda ligado”, diz. Os banhos também devem ser dados tomando o cuidado com a temperatura da água utilizada e sempre secando bem o animal.

As doenças mais comuns nesse período são causadas por vírus e bactérias, como a tosse nos cães e a rinotraqueite nos gatos. “Espirros constantes, secreção no nariz e também nos olhos, apatia e falta de apetite são alguns sintomas de que algo não vai bem. Ao primeiro sinal de que o animal está doente é necessário consultar um veterinário”, revela.

Atenção para o sistema respiratório dos pets com focinho curto, como Pug e Bulldog. Outras raças como Chihuahua, Boston Terrier, Yorkishire, Dachshund e Poodle sofrem mais com o frio. “Os cães menores e com pelos rasos costumam sentir mais do que os animais de grande porte e com pelagem longa. O tutor deve ter bom senso para avaliar se o pet está bem aquecido e qualquer dúvida deve ser sanada com um especialista”, conclui.

 
Página 3 de 220

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital